Projeto de líder pepista aprovado na Câmara indica disciplinamento do trânsito em pólos geradores de tráfego

A regulamentação de lei que versa sobre o tema devera ser publicada ainda essa semana no Diário Oficial do Município

Dez meses após ter sido aprovado na Câmara o Projeto que indicava ao prefeito ACM Neto a formalização de parcerias para a implantação do projeto “monitores de travessias de pedestres”, o vereador Euvaldo Jorge (PP), autor do texto, comemorou a regulamentação de uma lei que disciplina o trânsito em pólos geradores de tráfego, que deverá ser publicada ainda esta semana no Diário Oficial do Município.

Em entrevista a um jornal de grande circulação, o superintendente da Transalvador, Fabrízzio Muller, afirmou que a partir da publicação, todo estabelecimento que provocar problemas no tráfego, por atraírem considerável fluxo de veículos, deverá contratar uma empresa com agentes particulares para garantir a fluidez e acessibilidade na região. A regra valerá para escolas, clínicas, supermercados e shoppings, dentre outros empreendimentos como obras e eventos, que passarão a ser mapeados pela Prefeitura.

Com foco principalmente em regiões onde estão instaladas instituições de ensino, o Projeto de Indicação do vereador Euvaldo Jorge visava justamente, além de garantir a segurança de alunos e demais pedestres, melhorias na mobilidade do trânsito, uma vez que cotidianamente nessas áreas são registrados enormes congestionamentos por conta do embarque e desembarque de alunos.

“A Transalvador, que é o órgão fiscalizador do trânsito no município, não tem condições de intervir ao mesmo tempo em todos esses locais, seja por falta de agentes ou de aparelhamento. Considerando que a mobilidade urbana é um grande desafio para o prefeito ACM Neto, minha proposta foi respaldada pela Código de Transito Brasileiro, que autoriza órgãos do Sistema Nacional de Trânsito a conveniar com outras entidades com o objetivo de capacitar pessoas para o monitoramento das atividades relativas ao trânsito”, esclarece o edil que é presidente da Comissão de Trânsito, Transportes e Serviços Municipais da Câmara.