Euvaldo Jorge pede que prefeito libere uso de novas gavetas em cemitérios públicos de Salvador

Com os cemitérios públicos de Salvador lotados, a população carente que não tem condições de sepultar seus entes queridos estão sem saber o que fazer. As pessoas que já sofrem com a perda de parentes e, sem recurso financeiro, ainda precisam peregrinar pela cidade para conseguir uma vaga para sepultamento. Um problema que poderia ter sido resolvido se a Prefeitura de Salvador liberasse o uso das novas gavetas que foram garantidas ano passado, através de um Termo de Acordo de Compromisso (TAC) com o Cemitério Parque de Salvador Ltda. O documento determinava como contrapartida a construção das novas carneiras (gavetas) nos cemitérios municipais de Plataforma (102); Itapuã (48); a adição de 52 gavetas e adequações na administração, capela e sanitário no cemitério de Pirajá; e mais 48 gavetas no cemitério de Brotas.

“Recebi uma denúncia e fui hoje ao Cemitério de Pirajá e lá existem 52 gavetas prontas para uso, faltando apenas a Prefeitura autorizar. Enquanto isso não tem mais vaga para nenhum sepultamento. O coveiro me disse que o Cemitério de Brotas está passando pela mesma situação, novas gavetas sem ser utilizadas. Plataforma e Itapuã também. São mais de duzentas gavetas prontas sem uso”, denuncia Euvaldo.

De acordo com o parlamentar, a Secretaria de Ordem Pública e a Secretaria da Fazenda devem autorizar o uso das novas gavetas. “Eu peço ao prefeito ACM Neto que se sensibilize com a causa. Estamos falando de pessoas que estão fragilizadas pela perda de seus entes queridos e só querem um espaço para sepultá-los. As gavetas já estão prontas, só precisamos da autorização da prefeitura”, disse o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*