Euvaldo Jorge defende instalação de Base Comunitária no bairro de Valéria

Após manifestações contrárias a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no bairro de Valéria, o vereador Euvaldo Jorge (PP), que atua há 27 no bairro e é autor de diversos projetos que tratam da segurança na localidade, reiterou nesta quarta-feira (08) a importância da implantação da Base Comunitária e uma delegacia na região.
 
De acordo com o progressista, a inserção da UPP é de suma importância para restabelecer a segurança no bairro que apenas no ano passado, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, contabilizou 94 casos de homicídio dolosos (quando há a intenção de matar), além de 35 ocorrências de estupro, 106 roubos a ônibus e 54 furtos de veículos.   
 
“Propus a implantação dos dispositivos de segurança em Valéria porque é um anseio da população. Conheço a comunidade, ando pelo bairro e sempre me passam a questão da segurança como uma problemática. Tenho certeza que assim como aconteceu em outras localidades de Salvador, com a Base Comunitária e a Delegacia, a população de Valéria vai voltar a respirar a paz que era de costume”, enfatizou o edil. 
 
Implantada em 2011 com o objetivo de promover a convivência pacífica em localidades identificadas como críticas, melhorando a integração das instituições de segurança pública com a comunidade local, as Bases Comunitárias de Segurança (BCS) reduziram de 50% a 70% os índices de violência nos bairros onde foram instalados. Atualmente, 11 BCS estão funcionado na capital e região metropolina.