Euvaldo Jorge cobra atuação da Comissão de Saúde da Câmara para evitar fechamento de hospitais

O vereador Euvaldo Jorge (PPS) utilizou a tribuna da Câmara Municipal nesta segunda-feira (27), para chamar atenção sobre o possível fechamento dos hospitais Juliano Moreira e Mário Leal, duas únicas unidades hospitalares psiquiátricas existentes em Salvador e que atendem pelo SUS e questionou a atuação da Comissão de Saúde da Casa Legislativa. De acordo com o vereador, se concretizada a suspensão dos atendimentos, mais de 10 mil pacientes de saúde mental deixarão de ser atendidos por mês.

“Estou falando da possível desativação dos dois importantes dispositivos de saúde mental no município e a Comissão de Saúde precisa também estar atenta e somar voz junto comigo, pacientes e profissionais contra esse absurdo. Não poderemos permitir que o governador cometa esse equívoco”, declarou.

Ainda no discurso, Euvaldo Jorge também cobrou intervenção imediata dos órgãos fiscalizadores para evitar o fechamento do Hospital Octávio Mangabeira, unidade de referência em doenças pneumológicas no estado da Bahia. “Não quero acreditar que seja verdade a informação sobre o fechamento do Octávio Mangabeira. São cem consultas por dia somente para cirurgias torácicas que vão deixar de ser feitas caso se concretize esse fato, além de atendimentos à pacientes oncológicos respiratórios. É preciso que os órgãos competentes possam intervir para que não haja a desassistência ao cidadão que necessita do tratamento” finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*